terça-feira, 10 de julho de 2018

SERÁ QUE A FRASE "ANTIGAMENTE TODOS JOGAVAM PES MESMO SEM LICENÇAS", É UMA VERDADE?


Fala pessoal? Tudo na paz? Hoje vamos comentar sobre um assunto que me incomoda há muito tempo já. Acho que todos já viram aquela frase: "Antigamente, todo mundo jogava PES/WE, e ninguém se importava com licenças". Mas, será mesmo que isso é verdade? Vamos ver....

Eu me lembro muito bem que cresci jogando o Winning Eleven 2002 no meu PS1, e a partir do WE2002, joguei diversos patches, inclusive um nostálgico patch, que era narrado pelo "Neri, o Danado".

Em 2005, meu pai me deu o PlayStation 2. Meu primeiro jogo foi o Winning Eleven 8 Brazukas Lite, jogo que contava com alguns clubes brasileiros. E, a partir daí joguei diversos patches para PS2 durante a minha infância. Brazukas Team, W11 Online, We-Brothers (atualmente, nosso parceiro), o sensacional Bomba Patch e o inigualável Winning Eleven 10 (PES 6).

A partir do PES 2008 (na contramão do restante do mundo kkk) eu comecei a jogar o jogo limpo, sem nenhum patch ou edição incluso. Isso me acompanhou até quando comecei a jogar PES no PC, pois o máximo que eu fazia, era inserir um patch para corrigir os clubes não licenciados. Aí a gente chega no problema em questão.

Obviamente, a jogabilidade, a diversão, os modos de jogo do Winning Eleven/PES na era PS2/Início do PS3 eram sensacionais, todos jogavam e na época, FIFA era um jogo de pouco apelo aqui na América Latina. Só que todos nós jogamos as versões de WE/PES "licenciadas". Não entendeu? Os jogos que nós comprávamos em lojas e camelôs eram totalmente corrigidos com os escudos e uniformes dos clubes genéricos do game original. Pouquíssimas pessoas compravam o game limpo e aplicavam um option file na época do PS2. Os jogos no PC seguiam o mesmo caminho, já viam com patches.

Hoje em dia, poucos tem a disponibilidade e a paciência de comprar PES e inserir option files e patches em seus consoles. Muitos do que jogam FIFA nem sabem que no PES ainda existe a opção de deixar o jogo licenciado. Os gamers do Xbox One sequer possuem essas opções de edição.

Muitas pessoas migraram para o FIFA nos últimos anos pela melhora do game, pelas falhas da Konami em PES e também pelo fato de FIFA vir completamente licenciado.

A Konami precisa entender que as licenças importam de verdade pra franquia. E eu vejo uma grande evolução com a inclusão das novas ligas totalmente licenciadas em PES 2019. Se em PES 2020, a Konami conseguir a licença da La Liga e da Libertadores, tenho certeza que a imagem de um jogo "genérico" será bastante esquecida pelos fãs de PES e até de FIFA.

Gostaram do post? Deixem seus comentários abaixo. 

Sigam-me no Twitter: WEPES Latam

Fiquem com Deus, abraços do Nino!

2 comentários:

  1. Ligas licenciadas têm o seu valor, não resta dúvidas quanto a isso, mas a jogabilidade ímpar de PES, gráficos e a verdadeira experiência de um jogo de futebol de verdade, fazem de PES um jogo imbatível. Não conseguiria jogar FIFA com seus bugs ridículos, bonecos de cera desengonçados em campo e jogadores licenciados que mais parecem genéricos de tão mal feitos que são. É preciso adivinhar quem é quem, diferente de PES que, de cara, você já sabe de quem se trata. Digo mais, mesmo que não tivéssemos nenhuma licença no jogo, no caso de PES, ainda assim preferiria ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Jose, obrigado pelo comentário, também prefiro PES do que o fida. Só que a questão aqui é que pro mercado, licenças são importantes.

      Excluir

Anúncios